1. Home
  2. Cloud Server PRO
  3. Como utilizar o MTR – Cloud Server Pro/VPS Locaweb

Como utilizar o MTR – Cloud Server Pro/VPS Locaweb

O MTR combina a funcionalidade dos teste de ping e traceroute em uma única ferramenta de diagnóstico.

Como ping, envia pacotes de sua máquina para a máquina alvo para medir a latência e perda de pacotes ao longo do caminho de rede e exibe continuamente estatísticas atualizadas em tempo real como ele opera.

Como traceroute, ele identifica os hosts ao longo do caminho de rede, também atualiza as estatísticas para cada máquina.

Servidor Linux

  • O comando MTR (Compilação de Ping + Traceroute);
  • Primeiro atualize os repositório do servidor;
 

  • apt-get update
  • A máquina de origem deverá possuir o recurso MTR instalado, caso não possua, utilize este comando para instalar;
 

  • apt-get install mtr
  • Em seguida, o teste já pode ser realizado.
  • Digite o comando MTR seguido do IP ou HOST de destino, exemplo:
 

  • mtr cproxxxx.publiccloud.com.br 

Servidor Windows

O Programa MTR (Junção do Ping + Traceroute)

  • A máquina de origem deverá possuir o WinMTR instalado, caso não possua, basta baixá-lo através do link abaixo:

Download link alternativo

  • Não há necessidade de instalá-lo, basta descompactar e executá-lo de acordo com o sistema operacional (32 ou 64 bits) e preencher o campo HOST com o HOST ou IP do seu servidor, o resultado obtido será semelhante à este:

Host para MTR:

  • Cloud Server Pro: cproxxxx.publiccloud.com.br ou IP
  • VPS Locaweb: vpsxxxx.publiccloud.com.br ou IP

Analisando o Resultado
  •  A coluna Loss% mostra qual é a porcentagem de perda em determinado salto;
  • A coluna Sent ou SNT mostra quantos pacotes foram enviados;
  • A coluna Last mostra o tempo obtido para o último pacote;
  • A coluna AVG ou AVRG mostra a média de tempo em determinado salto;
  • A coluna Best mostra o melhor tempo em determinado salto;
  • A coluna WRST ou WORST mostra o pior tempo em determinado salto;
  • É importante observar que cada linha mostra o resultado do teste para cada salto, sendo que o primeiro salto é o de origem e o último de destino.

O que deve ser considerado como parâmetro principal na análise da latência em milissegundos é a coluna AVRG (média).

Abaixo alguns possíveis cenários:

Latência ok:

Alta latência:

Como medida preventiva de segurança monitoramos todo o tráfego de rede que chega em nossa estrutura. Sendo assim, caso note uma alta resposta em milissegundos apenas no HOST siteprotect.security.neustar, pode se tratar do que chamamos de gargalo, que é quando o desempenho de uma rede é limitado porque não há largura de banda suficiente disponível para garantir que todos os pacotes de dados da rede cheguem ao seu destino em tempo hábil.

Na estrutura Locaweb, é considerada normal dentro do link ofertado uma média abaixo de 60ms, tendo até 15% de perca. Caso identifique latência superior a esse valor, abra um chamado com os seguintes testes:

  • MTR de sua rede local para seu servidor;
  • MTR de sua rede local para uma estrutura externa (ex: google.com);
  • MTR de dentro do seu servidor para uma estrutura externa (ex: google.com);

Aproveite e conheça outros produtos da Locaweb, como o E-mail Locaweb, clique aqui e saiba mais!

Este artigo foi útil ?

Artigos relacionados