1. Home
  2. Cloud OpenStack Locaweb
  3. Principais funções do gerenciamento da instância – OpenStack Locaweb

Principais funções do gerenciamento da instância – OpenStack Locaweb

São funções básicas de administração que podem ser realizadas na instância.
Alguns itens podem afetar o funcionamento da instância ou até mesmo perda de dados ( Exemplo: Reiniciar Instância a Força).
Acessando o painel
  • Acesse sue painel Horizon
  • Do lado esquerdo, clique em Computação para expandir algumas opções e depois clique em Instâncias.
  • Clique na setinha ao lado direito de ‘Criar Snapshot’ ao lado da instância que você deseja alterar.

Algumas funções disponíveis

Snapshot

  • São pontos de restauração, que permitem armazenar dados, assim sendo possível restaurar o sistema do jeito que era antes.
  • Após a criação do Snapshot é possível visualiza-lo ao expandir a opção Volume e em seguida na opção Snapshot.
 

A quantidade de Snapshots e limitada a quantidade de espaço em disco do pacote contratado.

Gerenciamento de funções
  • Associar IP Flutante: Você consegue criar um IP Flutuante e associar a uma rede.
  • Conectar Interface: Nessa opção é possível selecionar uma rede existente e conecta-la a Instância selecionada.
  • Desconectar Interface: Desvincular a rede que a Instância está conectada.
  • Editar Instância: É possível alterar a descrição (nome) e adicionar ou remover o grupo de segurança vinculado a instância.
  • Anexar Volume: Adicionar a Instância um volume criado na Opção Volumes.
  • Desconectar Volume: Desconecta uma Volume anexado a Instância.

Não é possível desconectar um Volume que foi criado junto com a instância (Na opção “Disparar Instância”), apenas é possível desconectar um volume criado na opção Volume.

Outras funções
  • Atualizar Metadados: Permite incluir itens ou atualizar Metadados a sua instância.
  • Editar Grupos de Segurança: Define um conjunto de regras de IP que determinam o tráfego de rede.
  • Console: Acesso que permite o acesso dos recursos via navegador, exatamente como o acesso Terminal Service ou SSH.
  • Ver Log: Essa opção disponibiliza os processos de registro de eventos do sistema operacional instalado na Instância.
  • Pausar Instância: Essa solicitação armazena o estado da Instância na RAM. A instância continua a ser executada em um estado congelado.
  • Suspender Instância: Ao suspender a instância, seu armazenamento é gravado na memória e o servidor é interrompido.
  • Arquivar instância: Esse estado indica que a instância não será usada temporariamente liberado seus recursos. Permitindo que sejam usado por outra instância ou usuário.
  • Redimensionar Instância: Essa opção altera o Flavor da instância para outras configurações de recursos disponibilizados no painel.

Não é recomendado alterar para um Flavor que possua menos espaço em disco, pois essa ação pode afetar os arquivos existente no disco atual da Instância.

  • Travar Instância: Bloqueia a instância para que nenhuma outra ação seja permitida. Isso pode ser feito pelo administrador ou pelo proprietário da instância.
  • Reiniciar Instância: O sistema operacional é sinalizado para reiniciar, o que permite um desligamento normal de todos os processos.
  • Reiniciar Instância a força: Isso é equivalente a puxar o plugue de energia em um servidor físico e conectá-lo novamente.
  • Desligar Instância: A instância escolhida será desligada.
  • Reconstruir Instância: Essa função serve para remover todos os dados da instância e substituí-los por outra imagem especifica. O ID do servidor, o flavor os endereços IP permanecem os mesmos.
  • Excluir Instância: Exclui a instância toda.

Caso execute essa ação tenha certeza de ter gerado o Backup ou Snapshot da Instância. Essa ação e irreversível e nesse serviço não geramos backups de instâncias.

Atualizado em 5 de novembro de 2018

Este artigo foi útil ?

Artigos relacionados